Page 100 - Abrasca Anuário Estatístico 2018
P. 100

   Estatísticas Statist
       ics
Consolidated Profits/Losses during the Period
– Value Declared in the Earnings Statement after Tax and Interest on Equity.
Total Indebtedness – Total Assets (less) Net Worth.
Working Capital – Current Assets (less) Current Liabilities.
Net Operating Revenues: Value Declared in the Equity Balance Sheet.
Current Liabilities: Value Declared in the Equity Balance Sheet.
Asset Turnover – Net Operating Revenues (divided by) Total Assets. If for bank sector, it is calculated by the Intermediation Revenue. Debt-to-equity ratio – Total Indebtedness (divided by) Shareholders’ Equity.
Real Variation (%) – is a rate of variation for each indicator, taking into account the rate of inflation, measured by a mixed indicator using IGP-M, IPCA and INPC that was 2.95% in 2017. This value was calculated so that positive variations indicate improvement in the company’s outcome even if there are two negative values, or one negative in 2016 followed by a positive one. For instance, if the company recorded loss in 2016, and if this loss decreased in 2017, the variation rate will be positive, indicating a smaller loss, that is, there has been an improvement for the company. Likewise, negative variations must be interpreted as a reduction on the indicator. Over the value of 2016 incurs last year inflation, so that there may be negative variation on small face values gains, due to the restatement applied. The actual variation in 2017 in the accumulated figures for each sector disregards companies that do not disclose their accounting information. This is consequently the real variation in the average for each variable, considering only companies presenting figures for 2016 and 2016. Intermediation Revenue – amount stated in the Income Statement.
Leverage – Total Indebtedness (divided by) Shareholders’ Equity.
Total Deposits – Demand deposits (plus) Savings deposits (plus) Interfinancial deposits (plus) Notice Account deposits.
Total Credit – short term Credit Operations (plus) short term Leasing Operations (plus) short terms Other Credit.
Investments – Investment in Subsidiaries and others.
TABLES OF SECTOR´S TIME SERIES The tables for the historical series of indicators, as the Total Assets, Shareholders’ Equity, Net Income/Loss, Net Revenue, etc of each sub-sector were calculated based on the average, that is, dividing the sum of the indicator by the number of the companies returning data each year. This value was put
into 2017 values.
– resultado líquido do período, acrescido dos tributos sobre o lucro e das despesas financeiras líquidas das receitas financeiras. Resultado antes dos tributos – Valor declarado na Demonstração de Resultado.
Lucro / Prejuízo Líquido – Valor declarado na Demonstração de Resultado após impostos e juros sobre capital próprio. Endividamento Total – Ativo Total (menos) Patrimônio Líquido. Capital de Giro – Ativo Circulante (menos) Passivo Circulante. Ativo Circulante: Valor declarado no Balanço Patrimonial. Passivo Circulante: Valor declarado no Balanço Patrimonial. Giro do Ativo – Receita Líquida operacional (dividida por) Ativo Total. No caso do grupo “bancos”, o calculo é feito em relação à Receita Intermediação Financeira.
Grau de Endividamento – Endividamento Total (dividido por) Patrimônio Líquido.
Variação Real (%) – Taxa de variação de cada um dos indicadores, levando-se em conta a taxa de inflação medida pelo IPCA que totalizou 2,95% em 2017. Este valor foi calculado de forma que variações positivas indicam melhoras no resultado da empresa, mesmo quando existem dois valores negativos, ou um negativo em 2016, seguido de por um valor positivo. Ou seja, caso a empresa registre um prejuízo em 2016 e reduza esse prejuízo em 2017, a taxa de variação será positiva, indicando que o prejuízo diminuiu, ou seja, houve uma melhora no resultado da companhia. Variações negativas devem ser lidas como uma redução do indicador. Lembrando que sobre o valor de 2016 incide a inflação verificada no ano passado, de forma que em pequenos ganhos nominais pode haver variação negativa, em função da correção aplicada. A variação real em 2017 para o acumulado de cada setor desconsidera as empresas que não estão na amostra; trata-se da variação real da média de cada variável, considerando somente as empresas que apresentam valores para 2016 e 2017.
Receita da Intermediação Financeira – Valor Declarado na Demonstração de Resultado.
Alavancagem – Endividamento Total (dividido por) Patrimônio Líquido.
Depósitos Totais – Passivo Circulante (mais) Passivo Exigível a Longo Prazo.
Crédito Total – Ativo Circulante (mais) Ativo Realizável a Longo Prazo.
Investimentos – Investimento em Subsidiárias e Outros.
TABELAS DAS SÉRIES HISTÓRICAS SETORIAIS
As tabelas para as séries históricas de indicadores, como o ativo total, de cada subsetor foram calculadas com base na média, isto é, dividindo-se o somatório do indicador, pela quantidade de empresas declarantes em cada ano. Esse valor foi trazido a valores reais de 2017, levando-se em conta a taxa acumulada de inflação medida pelo IPCA.
100
       






































































   98   99   100   101   102