Page 38 - Abrasca Anuário Estatístico 2018
P. 38

    Matéria de capa Cover story
      mercado de capitais atingem R$ 194,9 bilhões, valor que é o maior desde 2005 e 31% mais elevado que o de 2014 (R$ 149,0 bilhões) e se compara com o maior volume de desembolso do BNDES, de R$ 190 bilhões, ocorrido em 2013.
A partir de 2016 o valor total de recursos captados no mercado de capitais supera pela primeira vez desde 2008 os desembolsos do BNDES, sendo que em 2017 o volume de emissões de debêntures, o título de dívida de prazo mais longo, atingiu R$ 90,8 bilhões superando os desembolsos totais do BNDES (R$ 70,7 bilhões).
4. SIMULAÇÃO DO FINAN- CIAMENTO DAS EMPRESAS NOS PRÓXIMOS 10 ANOS
Atendendo à proposta do Anuário Estatístico das Companhias Abertas, editado pela ABRASCA, é apresentada nesta parte uma simulação visando dimensionar a participação do mercado de capitais no financiamento das empresas no cenário de crescimento do PIB num horizonte de 10 anos. A simulação tem por base a participação das
fontes de recursos domésticos no exigível financeiro das empresas não financeiras, observada no período de 2007 a 20179, tais como crédito bancário de recursos livres e de direcionados e mercado de capitais.
A metodologia utilizada estabelece uma relação entre o exigível financeiro doméstico e o PIB no período de 2007 a 2017, utilizada para projetar seu valor até 2017. Dado um conjunto de hipóteses sobre a mudança da composição do
Gráfico 7 / Graph 7
exigível financeiro nesse período, é obtida uma estimativa do valor da dívida das empresas proveniente do mercado de capitais.
A simulação de dez anos foi feita ancorada nas projeções de crescimento do PIB contidas no sistema de expectativas Focus para os próximos cinco anos e mantendo-se os demais cinco anos com valor equivalente ao último ano de expectativa Focus. O Gráfico 07 apresenta o exigível financeiro
 Exigível financeiro doméstico das empresas e PIB acumulado
Domestic financial liabilities of companies and accumulated GDP
  40,0% 38,0% 36,0% 34,0% 32,0% 30,0% 28,0% 26,0% 24,0% 22,0% 20,0%
1,35 1,30 1,25 1,20 1,15 1,10 1,05 1,00
             Correlação = 0,9298
  Correlation = 0,9298
     2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
Exigível fincaneiro doméstico % do PIB PIB real acumulado
Domestic Financial Liabilities % of GDP Real accumulated GDP
  Fonte: CEMEC Contas Financeiras e IBGE
Source: CEMEC Financial Accounts and IBGE
 BNDES, announced in 2016, which meant a strong reduction in the disbursement of financing operations at subsidized rates. As seen in Chart 5, the volume of BNDES disbursements fell from R$190.4 billion in 2013 to R$66.8 billion in the 12 months until March 2018, with a reduction of 65% in the period.
With the recovery of the capitals market and the change of positioning of the BNDES, the funds raised by companies in 2017 outweigh the total disbursements of that bank, resuming the relative position noted in 2006 and 2007 (Chart 6). The figures show that in 2017 the primary and secondary issuances of the capitals market amounted to
R$194.9 billion, the highest since 2005 and 31% higher than that of 2014 (R$149.0 billion) and compares with the largest volume of BNDES disbursements: R$190 billion in 2013.
From 2016, the total value of funds raised on the capitals market exceeds BNDES disbursements for the first time since 2008. In 2017, the volume of debentures issued – longer term debt securities – amounted to R$90.8 billion surpassing the total BNDES disbursements (R$70.7 billion).
4. SIMULATION OF CORPORATE FINANCING OVER THE NEXT 10 YEARS
In line with the proposal in the Statistical Yearbook of Listed Companies, edited by ABRASCA, this part presents a simulation with a view to sizing the capitals market participation in corporate financing on the GDP growth scenario over a 10-year period. The simulation is based on the participation of domestic resources in the financial liabilities of non-financial companies, noted in the period from 2007 to 20179, such as bank credit of free and directed resources and the capitals market.
The methodology establishes a relationship between domestic financial liabilities and the GDP in the period from 2007 to 2017, used to design its value up
 38
      





































































   36   37   38   39   40