Page 46 - Abrasca Anuário Estatístico 2018
P. 46

    Receita da Intermediação Financeira   Income from financial intermediation
Desempenho setorial Sectorial performance
      BANCOS E CRÉDITO
Setor mantém lucratividade
As 25 instituições financeiras que formam o setor na B3 fecharam 2017 com lucro de R$ 64 bilhões, resultado 11,2% superior ao apurado no mesmo período do ano
passado. Dos quatro maiores bancos brasileiros o que registrou aumento mais expressivo foi o Santander, 43,4% seguido pelo Banco do Brasil (36,6%) e ItaúUnibanco (10,4%). Já o Bradesco fechou o exercício com queda de 2,7% no lucro, que totalizou R$ 14,6 bilhões.
Já a receita de intermediação financeira do setor na B3 caiu 12,2% ao somar R$ 535,7 bilhões. O recuo atingiu as quatro maiores instituições. A receita do Santander teve queda de 18,1%, seguido pelo Banco do Brasil (-14,4%), Bradesco (-14%) e ItaúUnibanco (-7,7%).
Ainda assim, os analistas consideraram os resultados satisfatórios, não só pelo contexto de atividade econômica fraca como pelo fato de ter ocorrido em meio ao ciclo de queda da taxa básica de juros, a Selic. Segundo eles, o aumento do lucro foi resultado da retomada do crédito e da queda na inadimplência, que contribuiu para redução da provisão para empréstimos de liquidação duvidosa. Além disso, os bancos continuam com a política de redução de custos: fecharam agencias e reduziram substancialmente o número de funcionários.
Os analistas estimam que o setor não deve apresentar em 2018 desempenho muito diferente do ano que passou. As instituições, embora estejam mais liquidas e capitalizadas, continuam mantendo uma postura seletiva na concessão de crédito diante da indefinição do quadro político brasileiro. Alem disso, estão investindo cada vez mais em transações virtuais (via mobile e internet), o que significa estruturas físicas e funcionais cada vez mais enxutas.
613.352.347
57.330.943
Banking
Institutions remain profitable
The 25 financial institutions that represent the industry in B3 closed 2017 with a profit of R$ 64 billion, a result 11.2% higher than in the same period of last year. Of the four largest Brazilian banks, the one that recorded the most significant growth was Santander, 43.4%, followed by Banco do Brasil (36.6%) and ItaúUnibanco (10.4%). Bradesco closed the year with a 2.7% drop in profit, which totalled R$ 14.6 billion.
The financial intermediation revenue of the industry in B3 dropped by 12.2%, which totalled R$ 535.7 billion. The backlash reached the four major institutions. Santander’s revenues dropped by 18.1%, followed by Banco do Brasil (-14.4%), Bradesco (-14%) and ItaúUnibanco (-7.7%).
Nevertheless, the analysts considered the results satisfactory, not only because of the context of weak economic activity, but also because it occurred in the middle of the cycle of the drop of interest rates, the Selic. According to them, the increase in profit was a result of the resumption of credit and the drop in the default, which contributed to a reduction in the provision for doubtful loans. In addition, banks continue to reduce costs: they have closed agencies and substantially reduced the number of employees.
Analysts estimate that the sector should not perform in 2018 very different from the year that has passed. Institutions, although more liquid and capitalized, continue to maintain a selective stance in the granting of credit considering the undefinition of the Brazilian political framework. In addition, they are increasingly investing in virtual transactions (via mobile and the Internet), which means increasingly leaner physical and functional structures.
 Bancos e crédito Banking
    2016 (R$ 1.000)
2017 (R$ 1.000)
535.746.979
Var.Real% ActualVar.%
       Ativo total Total assets
5.113.290.323
5.098.046.323
-0,29%
     Patrimônio líquido   Net worth
411.174.549
448.445.916
8,80%
      -12,28%
      Lucro / Prejuízo   Net profit (-loss)
64.000.189
11,29%
      Endividamento Total Total debt
4.702.115.774
4.649.600.407
-1,08%
     Giro do ativo Asset turnover
0,12
0,11
-
    Alavancagem Leverage
11,44
10,37
-
     46
           



















































   44   45   46   47   48