Page 59 - Abrasca Anuário Estatístico 2018
P. 59

    Desempenho setorial Sectorial performance
      SIDERURGIA E METALURGIA
Setor consegue recuperar perdas
Osetor de siderurgia e metalurgia conseguiu recuperar, em 2017, as perdas acumuladas em função da forte recessão dos últimos dois anos. A estabilidade econômica,
que marcou o ano passado, e o ligeiro crescimento da atividade industrial, principalmente das exportações, melhorou o resultado das 16 empresas que formam este segmento na B3.
O resultado acumulado deste grupo de companhias mostra uma forte redução no prejuízo, que passou de -R$ 8,1 bilhões para -R$ 281,8 milhões no final do ano passado. Ocorreu também um aumento de 1,5% na receita liquida que somou R$ 114,6 bilhões. O Ebit saiu de -R$1,8 bilhão para um resultado positivo de R$ 6,1 bilhões.
A rentabilidade das três empresas que detém 85% das receitas do setor melhorou sensivelmente. A Gerdau reduziu o prejuízo de 2016 (-R$ 2,8 bilhões) para -R$ 338 milhões no final do ano passado. A Gerdau Metalúrgica de -R$ 3,1 bilhões para -R$404 milhões. Já a CSN saiu de uma perda de -R$ 853 milhões para um lucro de R$ 111, 2 milhões.
Os analistas explicam que o setor de siderurgia foi beneficiado pelo fechamento de algumas usinas na China e pela retomada da produção de automóveis no mercado interno, o que permitiu uma revisão nos preços. Para 2018 os especialistas acham que o setor deve voltar a crescer, “principalmente se houver uma melhora nos segmentos de construção civil e de infraestrutura”. Já o presidente- executivo do Instituto Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes, diz que”não há nenhum fator novo que aponte para uma retomada mais vigorosa, não só para o aço, como para toda a indústria de transformação, em função da indefinição do cenário político, o que dificulta a adoção de medidas econômicas consistentes”.
 Siderurgia e Metalurgia     Steel and metallurgy
    * 01 empresa não publicou as DFs do período 2017.
* 01 company did not publish the Financial Statements for the year 2017.
2016 (R$ 1.000)
Steel and metallurgy
The sector is managing to recover losses
The steel and metallurgical industry was able to recover, in 2017, the accumulated losses due to the strong recession of the last two years Economic stability, which marked last year, and the slight growth of industrial activity, mainly exports, improved the result of the 16 companies that form this segment in B3.
The accumulated result of this group of companies shows a strong reduction in the loss, which went from -R$ 8.1 billion to -R$ 281.8 million at the end of last year. The accumulated result of this group of companies shows a strong reduction in the loss, which went from -R$ 8.1 billion to -R$ 281.8 million at the end of last year. Ebit dropped from -R$ 1.8 billion to a positive result of R$ 6.1 billion.
The profitability of the three companies that hold 85% of the sector’s revenues has improved significantly. Gerdau reduced its 2016 loss (-R$ 2.8 billion) to -R$ 338 million at the end of last year. Gerdau Metalúrgica from -R$ 3.1 billion to -R$ 404 million. Gerdau CSN went from a loss of -R$ 853 million to a profit of R$ 111.2 million.
Analysts say the steel sector benefited from the closure of some mills in China and the resumption of auto production in the domestic market, which allowed a revision of the prices. By 2018 experts believe that the sector should grow again, “especially if there is improvement in the segments of civil construction and infrastructure”. Marco Polo de Mello Lopes, the chief executive officer of the institute Aço Brasil, says that “there is no new factor that points to a more vigorous recovery, not only for steel, but also for the entire manufacturing industry, due to the lack of definition of the political scenario, which hampers the adoption of consistent economic measures”.
Var. Real %   Actual Var. %
 193.837.661
2017 (R$ 1.000)
   Ativo total Total assets
186.611.212
-3,62%
    Patrimônio líquido Net worth
74.586.545
75.606.202
1,33%
    Receita líquida   Net revenue
112.791.738
1,59%
   -1.849.558
114.638.013
  LAJIR EBIT
6.109.574
-417,63%
      Lucro / Prejuízo Net profit (-loss)
-8.103.968
-281.778
-93,68%
    Capital de giro Working capital
31.123.984
29.135.800
-6,20%
    Giro do ativo   Asset turnover
0,58
0,61
-
     Grau de endividamento   Debt to equity ratio
1,60
1,47
-
    59
                  













































   57   58   59   60   61