Page 60 - Abrasca Anuário Estatístico 2018
P. 60

    Desempenho setorial Sectorial performance
      TECIDOS, VESTUÁRIO E CALÇADOS
Abit estima crescimento
Osetor de tecidos vestuário e calçados fechou 2017 com alta de 7,6% no faturamento segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Só o
segmento de têxtil e confecções faturou R$ 144 bilhões, resultado 5,6% superior ao de 2016, segundo Fernando Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção (Abit).
Ele estima que em 2018 as vendas devem subir 5,5% e alcançar R$ 152 bilhões. A produção têxtil pode avançar 4% e a de vestuário apenas 2,5%, devido ao possível aumento de importações de roupas da China. Para Fernando, o importante é que o setor está voltando a investir na compra de máquinas e equipamentos, “principalmente para atualizar tecnologia para ganhar produtividade”.
De acordo com os dados da Abit, a expectativa é que as importações alcancem US$ 5,07 bilhões em 2018, um aumento de 12% em relação a 2017, enquanto as exportações deverão crescer apenas 5%, em torno de US$ 1,05 bilhão.
Já o setor de calçados cresceu 3%, percentual que deve se repetir este ano diz Heitor Klein, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). Segundo ele, este resultado será muito positivo considerando o ritmo lento da recuperação econômica. As exportações no ano passado aumentaram 9,3%, o melhor resultado desde 2013, ao totalizar US$ 1,095 bilhão.
As 17 empresas que formam o setor na B3 apresentaram resultados satisfatórios, ao sair de um prejuízo de R$ 499,7 milhões em 2016 para um lucro de R$ 777,5 milhões. As receitas deste grupo de companhias somaram R$ 10,3 bilhões com recuo de 3,9%, enquanto ao Ebit subiu 173% ao atingir R$ 1,3bilhão.
Textile, clothing and footwear
Abit estimates growth
The clothing and footwear fabrics sector closed 2017 with a growth of 7.6% in sales, according to data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). According to Fernando Pimentel, president of the Brazilian Textile and Apparel Industry Association (Abit), the textile and clothing industry alone generated R$ 144 billion, 5.6% more than in 2016.
He estimates that by 2018 sales are expected toriseby5.5%andreachR$152billion.Textile production may increase by 4% and clothing by only 2.5%, due to the possible increase in imports of clothing from China. For Fernando, the important thing is that the industry is returning to invest in the purchase of machines and equipment, “mainly to update technology to gain productivity”.
According to Abit data, imports are expected to reach US$ 5.07 billion in 2018, a 12% increase compared to 2017, while exports are expected to grow by only 5%, around US$ 1.05 billion.
The footwear industry has grown by 3%, a percentage that should be repeated this year, says Heitor Klein, president of the Brazilian Association of Footwear Industries (Abicalçados). In his opinion, this result will be very positive considering the slow pace of economic recovery. Exports last year increased by 9.3%, the best result since 2013, totaling US$ 1.095 billion.
The 17 companies that represent the industry in B3 showed satisfactory results, going from a loss of R$ 499.7 million in 2016 to a profit of R$ 777.5 million. Revenues of this group of companies totaled R$ 10.3 billion, with a backlash of 3.9%, while Ebit increased by 173%, reaching R$ 1.3 billion.
 Tecidos, vestuário e calçados     Textile, clothing and footwear
   2016 (R$ 1.000)
Var. Real %   Actual Var. %
   13.782.001
2017 (R$ 1.000)
  Ativo total Total assets
12.942.784
-5,91%
    Patrimônio líquido Net worth
2.552.483
5.014.958
93,63%
    Receita líquida   Net revenue
10.822.292
10.383.187
-3,94%
     LAJIR EBIT
Lucro / Prejuízo Net profit (-loss)
483.597
-499.756
1.349.021
777.571
173,68%
      -248,05%
    Capital de giro Working capital
-1.010.561
1.163.988
-208,83%
    Giro do ativo   Asset turnover
0,79
0,80
-
     Grau de endividamento   Debt to equity ratio
4,40
1,58
-
    60
                  













































   58   59   60   61   62